Associação diz que sentença condenatória de policial militar Dauvane foi injusta

A entidade se posicionou sobre outros casos envolvendo policiais militares.

 

Maranhão Notícias

IMPERATRIZ – A Associação de Cabos e Soldados de Imperatriz e Açailândia (ARSCPMIA) divulgou uma nota, na manhã desta terça-feira(11), em que se posiciona a respeito da condenação do soldado Dauvane Sousa da Silva pelo Tribunal do Juri, no Fórum Desembargador Sarney Costa, em São Luís.  Dauvane foi condenado a 16 anos e 6 meses de reclusão pelo assassinato de um serralheiro.

Na nota, a entidade diz que Dauvane recebeu uma sentença condenatória, dada pela sociedade que ele protegeu.

A entidade destacou que o repudio não se refere apenas ao caso da condenação do policial Dauvane, mas de todos os “policiais militares- trabalhadores honestos que prestam serviço, que juramos defender a sociedade com a própria vida.  Injusta essa sentença! Essa sociedade que durante 25 Anos DAUVANE tem protegido”.

 Confira a íntegra da nota

 NOTA DE REPÚDIO

 A Associação de Cabos e Soldados de Imperatriz e Açailândia – ARSCPMIA, através de sua Diretoria Executiva e todos o seus sócios queremos manifestar o nosso absoluto apoio ao SD PM DAUVANE e sua família. DAUVANE – Homem sério, Cidadão Honrado, Policial Militar exemplar (trabalhador), Amigo, Esposo, Pai e Irmão. Que recebeu na madrugada de hoje uma sentença condenatória, dada pela sociedade que ele protegeu.

E repudiar essa condenação, pois ela não se restrige somente ao DAUVANE, mas a todos os POLICIAIS MILITARES – TRABALHADORES HONESTOS que prestam serviço, que juramos defender a sociedade com a própria vida.  INJUSTA essa sentença! Essa sociedade que durante 25 Anos DAUVANE tem protegido.

 Queremos comunicar a todos os Policiais Militares do Maranhão que iremos recorrer dessa sentença, através da nossa banca  Advogados, a quem agradecemos a dedicação – Dr. Oziel e Dr. Enoque de Imperatriz e Dr. Soares de São Luís – advogados da Associação.

 Parabenizar o nosso Irmão Helenilson, pela absolvição.

 Não abandonaremos o nosso irmão DALVANE!

 Atenciosamente.

 

Sargento PM Junior

Diretor Presidente da ARSCPMIA.

(Foto: Reprodução TV).

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *