Ato com alunos reabre escola alvo de massacre em Suzano

Apesar da reabertura, ainda, não foi definida a data de retomada das aulas na escola.

 

Maranhão Notícias

SÃO PAULO – Uma reunião de alunos em frente a quadra, soltas de balões brancos simbolizando a paz e contagem regressiva com a frase vão “combater o medo com alegria” marcaram, em clima de emoção, nesta terça-feira, 19, a reabertura da Escola Estadual Raul Brasil, em Suzano, em São Paulo.

A escola foi invadida por dois jovens num ataque que deixou 10 mortos e 11 feridos, na quarta-feira, 13.

A direção da escola preparou um café da manhã com atividades de acolhimento e atendimentos especializados que incluíram atividades esportivas, artísticas e rodas de conversas.

Apesar da reabertura, ainda, não foi divulgada a data de retomada das aulas, mas a previsão é que esse anuncio seja feito, ainda, esta semana.

O atendimento psicossocial especializado para funcionários, alunos e familiares continua a partir desta terça-feira por meio de equipes de psicólogos e terapeutas da Prefeitura de Suzano, instituições e empresas parceiras.

Ferido no massacre, o estudante Leonardo Martinez Santos, de 16 anos, teve alta médica na noite desta segunda-feira, 18.

No sábado outros três adolescentes feridos tiveram alta e três, ainda, permanecem internados em hospitais da região, mas sem correr risco de morte. Foto; Reprodução.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *