Barbieri admite que o Flamengo jogou mal contra o Ceará

Após a partida, apenas o goleiro Diego Alves e o meia Diego falaram com a imprensa na zona mista.

Maranhão Notícias

RIO DE JANEIRO – O técnico Maurício Barbieri admitiu após a derrota por 1 a 0 para o Ceará, neste domingo (2), que o Flamengo jogou mal e as vaias da torcida para Lucas Paquetá foram compreensíveis. Apesar da derrota, ele não disse ter medo de ser demitido.

Na entrevista coletiva na sala de imprensa, Barbieri admitiu que que baixo das expectativas.

“Nós como equipe não fomos capazes de buscar o resultado. As vaias da torcida para o Paquetá são compreensíveis”, admitiu.

Sobre o clima no vestiário pós partida, Barbieri disse que foi ruim pelo resultado que ningém esperava, mas não chegou a ser uma “lavagem de roupa suja”.

“Foi mais no sentido que de um resultado como este não pode acontecer. Não podemos sair com um resultado desses”, disse, acrescentando que o sentimento foi de frustração, sem explicar quais os erros que o time cometeu que foram decisivos para a derrota em pleno Maracanã com recorde de público.

Apesar da cobrança da torcida e o clima ruim, Barbieri negou que haja um temor por uma possível demissão dele.

Leia,também:

Flamengo perde para o Ceará no Maracanã com recorde de público

Desfalques

O Flamengo volta a campo na quarta-feira (5), contra o Internacional no Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre. Para esta partida, o Rubro-Negro não vai contar com Cuéllar e Lucas Paquetá, ambos convocados para as seleções de seus respectivos países e Diego Alves que recebeu o terceiro cartão amarelo. ( Foto: Divulgação).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *