Candidato a deputado preso com R$ 8 mil diz que foi vítima de armação, no MA

O candidato Genival Alves (PRTB) nega o crime e diz que foi vítima de armação de adversários. 

Maranhão Notícias

SÃO LUÍS – Preso e conduzido à sede da Polícia Federal para responder pelas suspeitas de crime eleitoral, o vereador e candidato a deputado estadual Genival Alves (PRTB) nega qualquer envolvimento com o crime. O candidato emitiu uma nota, no início da tarde deste domingo (7), na qual alega que foi vítima de uma armação preparada por adversários dele.

Na nota enviada aos meios de comunicação o candidato diz que jamais praticou atos ilícitos com o objetivo de angariar votos.

Nota de Esclarecimento

O parlamentar, Genival Alves enquanto candidato a deputado estadual, jamais praticou atos ilícitos com o objetivo de angariar votos. Trata-se de uma armação dos seus opositores, e que foi vitima de uma situação, totalmente improcedente e mentirosa.

Diferentemente do que propagado caluniosamente, a sua campanha eleitoral foi realizada seguindo os preceitos éticos e morais que norteiam a boa política, dentro do que a legislação eleitoral autoriza.

Segundo o vereador, desde que assumiu o mandato, há pouco mais 17 meses, que se iniciou uma campanha caluniosa e difamatória contra o mesmo, em razão de sua atuante e dinâmica ação parlamentar, que sempre visa a busca de benefícios e melhorias para a cidade de São Luis, principalmente no atendimento da população mais carente na área da saúde.

Até o presente momento, o vereador se encontra dando esclarecimentos na sede da PF e não preso como circula em alguns veículos da imprensa.

Genival Alves acredita na justiça e está tranquilo e a consciência de quem lutou por cada voto de forma humilde e honesta.

Sobre os autores da denúncia, o vereador irá tomar as medidas judiciais cabíveis para que os mesmos sejam punidos por essa horrenda e covarde atitude.

Aos que confiam no voto ao vereador, Genival Alves , agradece mais uma vez a credibilidade e reafirma o compromisso de continuar sua luta por uma cidade melhor de se viver. ( Foto do dinheiro apreendido- Imagem divulgação Blog Gilberto Leda).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *