Imperatriz vence o ABC em Natal e se reabilita na Série “C”

O Cavalo de Aço venceu o ABC por 4 a 2 numa partida em que fez boa atuação com destaque para o jovem atacante Matheus Lima, que marcou duas vezes.

Maranhão Notícias

NATAL – Nunca uma vitória veio em tão boa hora quanto a hoje. Com gols de Matheus Lima(2), Lucas Campos e Renan Dutra, o Imperatriz venceu o ABC por 4 a 2, no Estádio Frasqueirão, em Natal, na tarde deste sábado (8) e saiu a vice-lanterna e chegou a quinta posição, pelo menos por enquanto, do grupo “A” da Série “C”. Os gols do time potiguar foram marcados por Jefinho.

Com novidades na escalação, como a estreia de Da Silva, o nome adotado para o conhecido Morango e Gabriel Caju, o “Cavalo de Aço’ conseguiu uma vitória inquestionável e se reabilitar na competição.

Lanterna do grupo “A”        com quatro pontos, um a menos do que o Imperatriz, o alvirrubro potiguar entrou em campo pressionado. Os poucos torcedores que foram ao Frasqueirão levaram faixas de protesto e entoaram vaias e gritos de ordem contra o clube e sua diretoria.

Diante desse cenário e, também, precisando da vitória, o Imperatriz começou bem a partida, indo para cima do adversário e abriu o placar aos seis minutos com Matheus Lima em falha da zaga. Em troca de passe, a bola chega ao jovem atacante que mandou uma bomba.

O ABC chegou aos empate, aos 18 minutos com Jefinho após chute forte de Ivan, que Jean rebateu nos pés do atacante do ABC.

Os “donos da casa” mandaram uma bola na trave, mas foi o Cavalo quem marcou o segundo gol da partida aos 45 do primeiro tempo com o zagueiro Renan Dutra, de cabeça, aproveitando cruzamento de Jonas.  Antes disso, aos 42, havia marcado, mas estava em posição de impedimento.

A vitória selou a boa atuação do Cavalo de Aço no primeiro tempo. O Colorado perdeu outras chances de marcar. O primeiro tempo, também, foi marcado por protesto da torcida do ABC.

Na etapa final o “Elefante Potiguar” tentou esboçar uma reação, mas sofreu nos contra-ataques. O Imperatriz conseguiu aproveitar para ampliar o placar aos 12 minutos novamente com Matheus Lima.

Com a vantagem no placar(3 a 1), o técnico Paulinho Kobayashi resolveu fazer duas mudanças táticas para tentar segurar o placar, mas deixando a possibilidade de ampliar nos contra-ataques. Sairam o estreante Da Silva para a entrada de Sousa Tibiri e Gabriel Caju para a entrada do meia Diogo Oliveira.

Poucos minutos após a entrada, a bola tocou na mão de Diogo Oliveira e a arbitragem marcou pênalti que Jefinho converteu. Com o gol aos 37 , o ABC encontrou no placar (3 a 2) e passou a pressionar, mas o Imperatriz teve tranquilidade para matar o jogo novamente com Matheus Lima, aos 45 minutos em lance perfeito de Aelson, que havia entrado no lugar de Xavier.

 A arbitragem deu quatro minutos de acréscimos, mas  o quarto gol acabou reduzindo o ímpeto do time potiguar que entrou em crise definitivamente. Agora se mantém na última posição com quatro pontos e um jogo a mais.

 Comemoração

 A vitória foi muito comemorara pelos jogadores e comissão técnica do Imperatriz. A próxima partida do Imperatriz será no sábado, às 16h, para encarar o Ferroviário, no Presidente Vargas, em Fortaleza. Já o ABC vai ao Estádio Castelão, em São Luís, enfrentar o Sampaio Corrêa, às 19h15, também, de sábado.(Foto; Divulgação site Aposta 10).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *