Parente denuncia morte de homem após omissão de socorro no Hospital Macrorregional em Imperatriz

O caso foi nesse sábado (7), em Imperatriz, no sudoeste do Estado, a 626 Km de São Luís.

Maranhão Noticias

IMPERATRIZ – Um homem identificado como Agostinho José Pereira, 64 anos, morreu na porta do Hospital Macorregional de Imperatriz, na avenida Pedro Neiva de Santana, em Imperatriz, no sábado (7), supostamente sem receber atendimento médico. Um parente do homem gravou um vídeo, que viralizou na internet, em que narra suposta omissão de socorro que teria resultado na morte do paciente que teve parada cardio-respiratória.

O paciente chegou ao hospital num táxi e não teria recebido atendimento, segundo narrativa do homem que gravou o vídeo.

O Governo do Estado, por intermédio da direção do hospital, agiu rápido e enviou uma nota aos meios de comunicação e redes sociais na qual nega que o paciente tenha ficado sem atendimento.

Diz a nota que foi realizado o procedimento de reanimação do paciente, embora sem sucesso, e a família recebeu orientação e acompanhamento da equipe multidisciplinar do hospital.

Veja a íntegra da nota

O Hospital Macrorregional Dra Ruth Noleto esclarece que:

1. No último sábado (7), chegou à unidade paciente com parada cardiorrespiratória;
2. Durante 40 minutos, a equipe de médicos e enfermeiras do Hospital realizou procedimento de reanimação do paciente. Infelizmente, não obteve sucesso;
3. A família do paciente recebeu toda orientação e acompanhamento da equipe multidisciplinar do hospital, de modo a garantir o amparo que a situação necessita;
4. Imperatriz conta com Unidades de Pronto Atendimento e Hospital Municipal para atendimento de casos de urgência e emergência;
5. Desde 2016, quando foi inaugurado, o hospital mantém o perfil de atendimento aos pacientes de cirurgias eletivas de média e alta complexidade.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *