Polícia deve intensificar investigações sobre os dois homicídios do fim de semana

Os dois crimes aconteceram no sábado (3) em pontos distintos de Imperatriz.

Maranhão Notícias

IMPERATRIZ – A Polícia Civil, por meio da Delegacia de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP), deverá intensificar as investigações, a partir desta segunda-feira (4), sobre duas mortes violentas acontecidas no fim de semana em Imperatriz. Um motorista de ônibus e um adolescente foram mortos em situação distintas na madrugada de sábado (3).

No primeiro caso o motorista Rares Mota Cândido, funcionário de uma empresa de ônibus que faz linha interestadual desde 2004, foi morto com várias facadas na rua Niterói, no bairro da Caema.

A polícia não sabe a motivação do crime, mas há indícios de latrocínio, roubo seguido de morte.

Na manhã de sábado monitores encontraram um adolescente morto dentro de um alojamento do Centro Socioeducativo da Região Tocantina, em Imperatriz.

A vítima, de 17 anos, estava dividindo uma cela com outros quatro adolescentes quando foi assassinado. Dois adolescentes que estavam no local confessaram o ato infracional de homicídio contra o recém-chegado á unidade. No corpo foram encontradas marcas de cortes no pescoço e nos pulsos feitos com um artefato improvisado.

De acordo com informações da TV Mirante, um dos adolescentes confessou o crime em depoimento à Polícia Civil e alegou que a então vitima havia assassinado um parente dele antes de chegar na Funac.

Os dois adolescentes que assumiram a autoria do ato infracional foram autuado e voltaram para a unidade.

A Funac informou em nota que destinou uma equipe de gestão para acompanhar o caso e determinou a abertura de processo interno para apurar o caso. Justificou que a unidade opera dentro da capacidade prevista. ( Foto: Reprodução).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *