Polícia prende quadrilha que assaltou Banco do Brasil em Bacabal no MA

A ação policial foi na noite dessa segunda-feira (3) e ,ainda, hoje o grupo será transferido para a penitenciária de Pedrinhas, em São Luís.

Maranhão Noticias

SÃO LUÍS – A Polícia Militar do Maranhão prendeu, na noite dessa segunda-feira (3), parte da quadrilha que assaltou o posto de distribuição do Banco do Brasil, na cidade de Bacabal, na região do Mearim, no dia 25 de novembro, recuperou um montante em dinheiro e apreendeu armas. Houve troca de tiros, três assaltantes morreram e dez se entregaram durante a ação policial na cidade de Santa Luzia do Paruá, a 370 Km de São Luís.

A polícia havia feito um recuou estratégico, mas mantinha suas ações de inteligência, sendo que na noite de segunda-feira policiais se depararam com uma carreta-baú com movimentação suspeita. Foi pedido reforço. Com o apoio, os policiais abordaram o caminhão e descobriram que parte da quadrilha que assaltou o banco estava no baú. Houve troca de tiros e três homens morreram enquanto que dez se entregaram. A polícia acredita que ainda há outros integrantes do bando na região.

Na operações os policiais apreenderam malotes com parte do dinheiro roubado do banco de Bacabal e seguiam para Santa Luzia do Paruá, além de várias armas, inclusive de grosso calibre como 11 fuzis, duas metralhadoras calibre .50 (artilharia anti-aérea), duas pistolas e vários coletes à prova de balas e munições. As metralhadoras têm capacidade para derrubar um helicóptero.

O montante do dinheiro apreendido com os assaltantes não foi informado pela Secretaria de Estado da Segurança Pública.

Prisões

Após as prisões, os homens foram transferidos para a Delegacia Regional de Zé Doca. De acordo com o portal G1 Maranhão, os homens disseram à polícia que iriam resgatar o bando que participou do ataque em Bacabal.
Os presos devem ser transferidos, ainda, hoje para o Complexo Penitenciário de Pedrinhas, na capital, onde vão ficar à disposição da Justiça.

Assalto em Bacabal

Em entrevista à imprensa, o secretário de Estado da Segurança Pública, Jefferson Portela disse que o assalto ao depósito do Banco do Brasil em Bacabal, no dia 25 de novembro, foi a maior ação desse tipo no pais.

No dia do assalto, uma quadrilha estimada agora em aproximadamente 30 homens em vários carros invadiram a cidade atirando e causaram pânico e medo. Um mototaxista e um morador foram mortos no tiroteio.

O bando incendiou viaturas, trocou tiros com policiais e crivou de balas a delegacia da cidade, de onde fugiram levando reféns amarrados no capôs dos carros. Um motorista de caminhão de nome Obadias Pereira da Silva está desaparecido e seu caminhão foi encontrado incendiado a 30 km de Bacabal, numa estrada vicinal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *