Sampaio é derrotado de virada pelo CSA-AL e fica praticamente rebaixado

O Sampaio começou a partida perdendo, empatou e virou, mas na etapa final foi a vez do adversário reagir

Maranhão Notícias

SÃO LUÍS – Em partida de duas viradas, o Sampaio perdeu por 3 a 2 para o CSA-AL, em pleno Estádio Castelão, em São Luís na noite dessa sexta-feira (2), e está praticamente rebaixado para a Série “C” em 2019. O Tricolor se mantém como vice lanterna com 32 pontos enquanto que o Azulão de Alagoas chega a vice liderança com 57 pontos.
Com mais disposição e organização em campo, o CSA abriu o placar, aos 31 minutos de jogo, com Celsinho que aproveitou o rebote de uma cobrança de falta de Rafinha.

O “Bolivão”, ainda, teve forças para empatar e virar o placar com gols de Esquerdinha, aos 43 minutos, e Matheuzinho, no minuto final da partida no primeiro tempo.

Com a virada consolidada, apoio da torcida e ciente da importância do resultado o Sampaio voltou para o segundo tempo mais confiante, mas, assim como no primeiro tempo, com falhas de marcação na zaga.

Mesmo com maior posse de bola, o Sampaio tinha dificuldade de administrar o resultado. O CSA só passou a incomodar a partir dos 18 minutos quando Rafinha mandou uma bomba do meio da rua que levou perigo a área de Andrey.

Aos 20 minutos um susto: Em lance na grande área, a bola sobrou para Hugo que fez o gol do CSA, mas a arbitragem viu impedimento do atacante.

Sete minutos após o susto (27 minutos), o CSA chegou ao empate com um gol de Neto Berola, que havia entrado há pouco tempo em lugar de Dawhan. O atacante aproveitou o rebote da zaga para mandar a bola para o fundo das redes.

O Sampaio teve duas chances de marcar, inclusive uma das bolas acertou o travessão. Mais uma vez Neto Berola, em falha da zaga do Sampaio, marcou para o time alagoano. Foi aos 41 minutos, numa bola rolada por Rubens e Neto Berola encheu o pé.

Também é importante ressaltar que o Sampaio, ainda, vencia por 2 a 1 quando O CSA ficou com um jogador a menos, uma vez que já havia feito todas as três substituições, e Leandro Souza teve de deixar o campo lesionado. Foi a partir deste momento que brilhou a estrela de Neto Berola que fez os dois gols da segunda e definitiva virada da partida.

Desânimo

A derrota causou um clima muito ruim no Sampaio. Os jogadores eram a cara do desânimo enquanto que a imprensa da capital chegou a dizer que o treinador Marcinho Guerreiro já falou como se o time já estivesse rebaixado. O time maranhense , ainda, vai disputar quatro partidas, duas fora de casa e duas no Estádio Castelão, mas teria de vencer todas para se garantir na Série “B”.
O próximo jogo será terça-feira, às 19h contra o Goiás, em Goiânia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *