Seleção Brasileira encerra o ano com vitória contra Camarões

O Brasil venceu por 1 a 0, com gol de Richarlison, quase no fim do primeiro tempo.

Maranhão Notícias

Sem Neymar que deixou o campo sete minutos após o início da partida por contusão, a Seleção Brasileira venceu a seleção de Camarões, na tarde desta terça-feira (20), (horário de Brasília) no último jogo do ano. A seleção de Tite volta as atividades em 2019 na fase final de preparação para a Copa América.

Com um futebol sem objetividade, o Brasil pouco criou no primeiro tempo, exceto em três lances de perigo, um em que Willian recebeu, cruzou na área e Firmino bateu por cima, a grande defesa de Onana, aos 43 minutos numa bola alçada na área que Firmino cabeceou e por fim o gol, no minuto seguinte, em que Richarlison aproveitou lance na área e cabeceou para o fundo das redes. 1 a 0.

O gol fez o time de Tite ir para o intervalo com a vantagem e na etapa final voltar mais disposto, com mudanças e atitude. Teve chances de gol, assim como Camarões, também, chegou com perigo.

O destaque da etapa complementar da partida foram as entradas de Gabriel Jesus no lugar de Firmino e Ondoa no lugar do goleiro camaronês Onana. Detalhe: Ondoa protagonizou cena inusitada ao sair do gol, trombar com zagueiros e deixar a bola livre para Gabriel Jesus foi ao fundo e , com pouco ângulo, acertou a trave, sem goleiro.
Ondoa ainda evitou, com grande defesa, o segundo gol brasileiro com Alan.

Substituto de Neymar, Richarlison fez boa partida, se mexeu, marcou e foi para o ataque.
Camarões tentou perdeu por 1 a 0, mas não abandonou seu estilo de jogo e tentou, até o fim, chegar ao empate. No último minuto, num contra-ataque rápido Camarões chegou com perigo, mas sem bom aproveitamento da jogada.

Balanço

De acordo com o site Globo Esporte. Com, o ano de 2018 termina com 0,2 gol sofrido por jogo. A média é a menor de todos os tempos, inclusive supera a marca de 2017(0,36).
Foram três gols sofridos em 15 partidas, no entanto o bom desempenho defensivo não foi suficiente na Copa do Mundo, tendo em vista que dois desses gols foram da Bélgica, na eliminação das quartas de final, uma história que todos devem lembrar. ( Foto: Site da CBF-Divulgação).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *