Técnico do Manaus ignora o Imperatriz e se diz preocupado com o gramado do Frei

O treinador queria o Ferroviário porcausa da Arena Castelão, em Fortaleza(CE).

Maranhão Notícias 

IMPERATRIZ – O treinador do Manaus FC, o adversário do Imperatriz, neste domingo (1º), às 18h30 no Frei Epifânio, pelas quartas de final do Campeonato Brasileiro da Série “D”, Aderbal Luna deu declarações à imprensa nacional dando a entender que ele não está preocupado com o time do Cavalo de Aço e sim com o gramado do Estádio.

O veterano treinador do Gavião do Norte, admitiu que preferia enfrentar o Ferroviário-CE, porque teria um bom estádio para jogar, no caso a Arena Castelão.

Com o desfecho da última rodada das oitavas de final da Serie “D”, o Ferroviário, o que acabou não acontecendo.
O comandante do clube esmeraldino, revelou que vem estudando os pontos fortes do Cavalo de Aço, mas mantém as informações em mistério para tentar surpreender o clube maranhense em campo.

Outro motivo pelo qual Aderbal Luna preferia o Ferroviário era a logística. O Ferroviário manda seus jogos no Castelão, em Fortaleza, o Cavalo de Aço atua no interior do Maranhão, em gramado de qualidade inferior.

“Não tinha preferência, pois ambos cresceram nas finais, tanto Imperatriz quanto o Ferroviário. São dois times que se equivalem. O Ferroviário seria mais interessante por causa do campo, pois eles atuam no Castelão”.
Aderbal ressaltou que será importante a segunda partida do mata-mata ser na capital amazonense porque isso vai atrair mais torcedores, que andam “aquém” das expectativas nos últimos jogos. A partida de volta, no dia 8 de julho será no Estádio Ismael Benigno ou Arena da Amazônia.

“Decidindo em casa, evidentemente tem maior motivação pelo torcedor. Apesar da número baixo de torcedores nos jogos, sempre tem uma motivação a mais, num campo melhor. Achei bom definir em Manaus a classificação”, finalizou.

Sobre a logística da viagem a Imperatriz, o gerente de futebol Rodrigo Novaes, disse em entrevista à imprensa em Manaus, que esperava da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), que a passagem de Brasilia a Marabá, pois fica mais perto de Imperatriz, e não a Belem-PA como aconteceu. De Belem a Imperatriz são cerca de 600 Km, enquanto que de Marabá a Imperatriz a distância cai quase pela metade.

Estádio Frei Epifânio

Ao comentar a situação do gramado do Frei Epifânio, o técnico Aderbal Luna demonstrou total desconhecimento do majestoso da Mané Garrincha, que tem na verdade, um dos melhores gramados do norte/nordeste, sendo o segundo melhor estádio do Maranhão em estrutura.

Muito bom que ele, ao invés de estar preocupado com o time do Imperatriz, se preocupe com o gramado do Frei Epifânio, deixando a qualidade do time do Imperatriz em segundo plano. Mais um motivo para que os jogadores do Cavalo de Aço tenham mais uma motivação para vencer bem o jogo e se apresentar ao técnico Aderbal Luna.
Com informações dos sites Globoesporte.com, Jornal O Progresso e assessoria do clube. ( Foto: Aderbal Luna, técnico do Manaus FC- Reprodução Jornal O Progresso).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *