Três ministros pedem afastamento dos cargos para votar Reforma da Previdência

 

Dos três, o ministro da Casa Civil Onix Lorenzone é considerado o principal articulador do governo em prol da votação da Reforma da Previdência.

 

Maranhão Notícias

BRASÍLIA – Os ministros Onyx Lorenzoni(Casa Civil), Tereza Cristina (Agricultura) e Marcelo Álvaro Antônio (Turismo), pediram afastamento do cargo para reassumir os mandatos na Câmara a partir de terça-feira(9). Os três vão reformar o time de Jair Bolsonaro para votar a Reforma da Previdência.

De acordo com o site Terra, os afastamentos devem ser publicados no Diário Oficial da União (DOU) desta terça e a expectativa é que eles retornem aos respectivos cargos na quinta-feira,( 11).

Dentre os três ministros, Onyx Lorenzoni é considerado o principal articulador do governo pela reforma no Congresso. Como vem ocorrendo em matérias importantes, Onix, também, deve acompanhar de perto o encaminhamento da votação.

No caso de Onyx, o suplente é o deputado Marcelo Brum (PSL-RS), mesmo partido do presidente, que já comemorou nas redes sociais a aprovação do texto base da reforma na Comissão Especial da Casa ao dizer que foi uma “vitória para o Brasil”. No entanto, aliados dizem que Onyx “faz questão” de dar o seu voto.

Antes mesmo do anúncio do afastamento dos três ministros, a líder do governo no Congresso, a deputada Joice Hasselmann (PSL-SP), disse que acredita que a reforma da Previdência será aprovada em dois turnos no plenário da Câmara até esta sexta-feira e arriscou um placar: um pouco mais de 340 votos pela aprovação da proposta.(Foto: Arquivo).

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *