Adiado julgamento dos acusados de matar o microempresário Pedro Ventura

O julgamento seria realizado durante dois dias, hoje e amanhã, no auditório João Batista Lopes do Fórum de Justiça e agora será dias 10 e 11 de outubro.

Maranhão Notícias

IMPERATRIZ – Foi adiada a sessão do Júri Popular programada para começar nesta quinta-feira (14), com o objetivo de julgar Cícera Célia Teotônio, o irmão dela Daniel Teotônio e a mulher de Daniel, Samara.

O julgamento foi adiado a pedido da advogada de Célia Teotônio, que alegou ao juiz da 2ª Vara Criminal e presidente do Júri Marco Antonio Oliveira, não poder comparecer por motivos de doença. A nova data será os dias 10 e 11 de outubro.

Esta não foi a primeira vez que o adiamento do júri de Célia foi adiado.

Conforme os autos do processo, Célia Teotônio é a principal acusada como autora do crime o qual teria cometido com ajuda de Daniel e da esposa de Daniel, Samara.

O crime aconteceu em agosto de 2015, na casa onde Célia morava com Pedro Ventura, e ato contínuo o corpo do microempresário foi levado para a área de uma fazenda no município de Buritirana, onde foi encontrado enterrado em cova rasa, seis meses depois, no dia 21 de agosto de 2016.

Célia foi presa e levada para o presídio de Davinópolis, mas acabou sendo transferida para o presidio de Balsas, no Sul do Estado, após ter sido denunciada por ter regalias na prisão. (Foto: Reprodução/Internet)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *