CBF confirma cancelamento de Frei Paulistano e Imperatriz, pela Copa do Nordeste

Com esse cancelamento, o Imperatriz vai se concentrar no Campeonato Maranhense e na estreia na Série “C”.

Maranhão Notícias

RIO DE JANEIRO – Agora é oficial. A partida entre Frei Paulistano (SE), e Imperatriz, pela última rodada da fase classificatória da Copa do Nordeste que aconteceria no dia 21 de julho foi cancelada pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF). A medida foi tomada levando em conta a pandemia do novo coronavírus, o fato de nenhum dos dois clubes terem chances de classificação e o resultado não influenciar nos demais confrontos.

Ao portal Maranhão Noticias, em live, o vice-presidente e gerente de futebol, Rodrigo Oliveira havia adiantado há cerca de uma semana que a diretoria cavalinha havia pedido o cancelamento do jogo, mas a Liga do Nordeste não havia aceitado e estava disposta a realizar a partida e o restante da competição em sede única numa espécie de pré-temporada com todas as despesas dos clubes pagas.

Na noite desta sexta-feira(10), a CBF confirmou o cancelamento da partida ao divulgar a tabela de jogos da primeira fase do Nordestão e lá Frei Paulistano e Imperatriz aparece como “cancelado”.

De acordo com a tabela, todos os jogos do retorno da Lampions League serão disputados, inclusive a final, em sede única no Estado da Bahia.

Com a sede única, a Liga do Nordeste conseguiu a autorização das autoridades sanitárias para retomar a competição regional em meio a pandemia do novo coronavirus.

Sem a necessidade de disputar a última partida da fase de grupos da Copa do Nordeste, o Imperatriz terá mais tempo para se preparar para as duas competições que restam este ano que são a continuidade do Campeonato Maranhense e o Campeonato Brasileiro da Série C.

O presidente do Cavalo, Aduato Carvalho vem reafirmando a imprensa que o clube passa por dificuldades financeiras e está em campanha para arrecadar recursos para pagar a passagem dos jogadores para retomar os treinos. O dirigente chegou a dizer que pode renunciar ao cargo caso não obtenha apoio para manter o clube e ressaltou que grande parte dos recursos recebidos até agora foram bloqueados pela Justiça para pagamento de dívidas de diretorias anteriores.(Foto: Arquivo).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *