Com dois a menos, Sampaio segura o empate em casa contra o Botafogo-PB

As expulsões de  Felipe Dias e Bruninho acabaram dando um outro rumo a partida.

Maranhão Notícias

SÃO LUÍS – Após ter vencido fora de casa na primeira rodada da Série “C”, o Sampaio Corrêa teve de se contentar com um empate por 1 a 1, com o Botafogo-PB, em pleno Castelão, em São Luís, nesse sábado (04). Com o resultado, o Tricolor se mantém na liderança do Grupo “A”’, mas apenas com apenas quatro pontos.

Por ser em casa todas as expectativas era para uma grande vitória do Sampaio, situação que até empolgou os torcedores quando Ulisses abriu o placar com apenas um minuto de jogo. Foi num cruzamento de João Paulo que Ulisses finalizou para as redes.

A vantagem acabou levando o Sampaio a recuar, o que atraiu o adversário. O time paraibano chegou ao empate aos 35 minutos com Fábio Alves, em cobrança de pênalti cometido pelo goleiro Andrey em Dico.

O jogo melhorou a partir do empate, mas ganhou outros contornos aos 39 minutos e aos 46 minutos quando o  árbitro Daniel Silva, da Federação do Estado do Rio de Janeiro, roubou a cena ao expulsar dois atletas do Sampaio. Felipe Dias e Bruninho receberam cartão vermelho direto por falta violenta, decisão contestada com muita veemência pelos atletas e torcida do Sampaio. Parte da crônica esportiva, também, viu exageros da arbitragem.

Diante da situação de vulnerabilidade, os atletas do Sampaio se mostraram aliviados com o fim do primeiro tempo.

Na etapa complementar Julinho Camargo recuou o time e passou a apostar em uma bola “salvadora”, o que quase aconteceu no fim da partida. O Botafogo foi todo pressão na etapa final quando perdeu um pênalti. O Sampaio todo defesa e o resultado acabou sendo comemorado pelos jogadores do Bolivão diante das circunstancias adversas. (Foto: Arquivo).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *