Copa do Brasil: Moto Club abre dois gols de vantagem, mas toma virada do Fluminense

Com dois gols, o veterano Nenê foi o homem do jogo para o Fluminense.

Maranhão Notícias

SÃO LUÍS – Acabou o sonho do Moto Club de avançar na Copa do Brasil. Em partida atrasada, ainda, da primeira fase, o Moto recebeu o Fluminense no Estádio Castelão, na noite dessa quarta-feira de cinzas e perdeu por 4 a 2, de virada.

Com o apoio de sua torcida, o Papão começou a partida arrasador. Logo aos 40 segundos, em cobrança de escanteio Wallace Pernambucano abriu o placar para os donos da casa, de cabeça.

O gol deixou o time carioca zonzo e o Moto continuou dominando, quase ampliou com Wesley e fez o segundo, aos 10 minutos com Jeorge Belmonte.

O Fluminense melhorou e encostou no placar, aos 16 minutos, quando iniciou uma reação com o veterano Nenê, que sofreu pênalti e converteu a cobrança. Os times foram para o intervalo com a vitória do Moto por 2 a 1.

Na etapa final, o Flu voltou melhor e, mais uma vez, com Nenê voltou a marcar, desta vez em cobrança de falta sofrida por Paulo Henrique Ganso, logo aos 3 minutos.

O empate deu um novo ânimo ao Fluminense e complicou a vida do Moto, que foi para cima, mas não conseguiu finalizar. O gol da virada foi marcado por Nino e quase no fim coube a Marcos Paulo fazer o gol que sacramentou o resultado: 4 a 2.

Com a classificação o Flu vai enfrentar o Botafogo-PB na segunda fase, já na próxima quarta-feira no Maracanã, sem direito a vantagem. Em caso de empate a decisão da vaga para próxima fase será em cobranças de pênalti.

. A classificação aliviou a pressão da torcida que vinham reclamando da eliminação precoce na Copa Sul-Americana.

Os jogadores do Moto reclamaram que o gol marcado por Nino foi em posição de impedimento. Nos acréscimos, ainda, teve discussão, bate-boca em campo. O jogo terminou aos 51 minutos.( Fotos: Mailson Santana/FFC).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *