Cruzeiro é rebaixado para a Série B do Brasileiro após derrota para o Palmeiras

O Palmeiras venceu o Cruzeiro, no Estadio Mineirão, na tarde deste domingo, por 2 a 0.

Maranhão Notícias

BELO HORIZONTE – Pela primeira vez na história o Cruzeiro é rebaixado para a Série B do Campeonato Brasileiro. Há vários dias a ameaça pairava a Toca da Raposa, mas neste domingo (8), na última rodada da competição, a derrota por 2 a 0 para o Palmeiras, em pleno Mineirão sacramentou a queda.

Escândalos fora do campo, crise financeira e administrativa com demissão de quatro treinadores (Mano Menezes, Rogério Ceni, Abel Braga e Adilson Batista) e uma campanha marcada por derrotas foram decisivas para o rebaixamento da Raposa que está prestes a completar 99 anos de fundação.

O jogo foi encerrado aos 40 minutos após confusão nas arquibancadas, reação da polícia com balas de borracha e ameaça de invasão de torcedores ao campo. Um torcedor saiu machucado.

O clima, ainda, ficou tenso com confrontos entre torcedores e a polícia nas imediações do estádio. Um protesto está marcado para a porta do clube nas próximas horas.

A expectativa

Apesar da situação crítica, a torcida, ainda, tinha um fio de esperanço de o Cruzeiro não ser rebaixado. Bastava o Botafogo vencer o Ceará e o Cruzeiro vencer o Palmeiras. Quando o Botafogo abriu o placar contra do Vôzão, o placar no Mineirão estava 0 a 0 e a torcida azulina comemorou, mas foi por pouco tempo. O Ceará empatou em seguida e o Palmeiras venceu por 2 a 0.

Os gols do jogo

Alheio a qualquer crise, o Palmeiras venceu a partida com gols de Zé Rafael, aos 11 minutos do segundo tempo de primeira, e Dudu, aos 37 de cabeça no ângulo, sem chances para Fábio. Tranquilo, o Verdão enfrentou um Cruzeiro tenso e preocupado, mas que não ofereceu resistência.

Com a vitória, o Palmeiras 74 pontos, mas na terceira posição. O Santos venceu o Flamengo por 4 a 0 e ficou com os mesmo 74 pontos na vice-liderança por critérios de desempates.

O Cruzeiro encerra sua participação com 36 pontos, na décima sétima posição.(Foto: Lucas Leite- Cruzeiro).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *