Delegado Regional diz que Chico Planalto premeditou crime

Mesmo que o autor esteja definido, a Polícia Civil vai abrir inquérito policial para cumprir uma praxe na instituição.

Maranhão Noticias

IMPERATRIZ – A Polícia Civil vai abrir inquérito para apurar as mortes de Maria Jeane Pereira Rodrigues, 40 anos, e do ex-superintendente municipal da Defesa Civil, Francisco das Chagas Silva, o Chico Planalto.

A medida é praxe, mas ao fim do levantamento ninguém será indiciado porque o autor já morreu, nesse caso, o próprio Chico Planalto.

De acordo com informações do delegado regional de segurança em Imperatriz, Eduardo Galvão, está claro que Chico Planalto cometeu o crime contra a ex-namorada e se matou em seguida. Galvão, acrescentou, ainda, que os indícios apontam para crime premeditado uma vez que Chico efetuou cinco disparos na mulher e reservou o último para a ele.

O regional ressaltou que a discussão entre a mulher e Chico começou porque ele queria o celular e ela não entregou.  O caso seria para crime passional.

Em outra entrevista à imprensa, o mesmo delegado, disse o ex-superintendente não aceitava o fim do relacionamento com Jeane.  Ouça um trecho da entrevista do delegado, concedida à imprensa, na noite dessa sexta-feira (3): ( Foto: Reprodução/Internet)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *