Ex-presidiário é morto a tiros por motoqueiros, no bairro Bacuri, em Imperatriz

Adailton da Silva foi morto com varios tiros de pistola ponto 40 por dois homens que estavam em uma motocicleta Bros na rua Osvaldo Cruz.

Maranhão Notícias

IMPERATRIZ – Adailton da Silva Farias, 32 anos, que era conhecido pelo apelido de “Soldadinho’, foi morto com vários tiros pelo corpo por volta do meio dia desta segunda-feira(21) por dois motoqueiros que fugiram em seguida. A Delegacia de Homicídios e Proteção a Pessoa(DHPP) investiga a autoria e motivação do assassinato.

Nesta segunda-feira Adailton estava ascendendo o fogo na churrasqueira na porta de casa na rua Osvaldo Cruz, entre as Ruas Godofredo Viana e Simplicio Moreira, quando uma motocicleta Bros, de cor preta, se aproximou, sendo que o homem que estava na garupa desceu e efetuou um tiro nas pernas da vítima que correu e caiu na porta de um Cybercafé.  O criminoso se aproximou novamente da vítima e efetuou vários tiros que levaram o homem a morte no local. O atirou subiu na garupa da moto e fugiu juntamente com o cúmplice.

Segundo informações do blog Noticia da Foto, Adailton da Silva era suspeito de vários crimes, um deles contra foi o latrocínio (roubo seguido de morte) contra um funcionário da Caixa Econômica Federal em 2007 próximo a uma agência da instituição bancária. Pelo crime, Adailton ficou preso na antiga Central de Custódia de Presos de Justiça(CCPJ). Ele era suspeito de outros homicídios ocorridos na ocorrido na Vila Leandra e Setor do Poste, região do  Grande Bacuri, imediações do riacho Cacau.

De acordo com o blog, Adailton “Soldadinho” era temido no submundo do crime pela forma violenta em que cometia crimes, todos com “arma branca’, sendo que num deles teria esquartejado sua vítima e enterrado o corpo em cova rasa na Beira do Riacho Cacau

Investigações

A policia já possui imagens de câmeras de segurança que mostra a fuga dos criminosos. Também foram recolhidos no local capsulas de pistola ponto 40.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *