Fugitivo é preso por matar companheira e esconder corpo debaixo da cama, em Imperatriz

O corpo foi encontrado na noite dessa quarta-feira(12) e o principal suspeito foi preso e confessou o crime.

Maranhão Notícias

IMPERATRIZ – Uma denúncia de populares sobre um fugitivo do presídio Itamar Guará, que estava armado numa casa no povoado Lagoa Verde, acabou levando a Polícia Militar a descobrir um caso de feminicidio que teve como vítima uma jovem identificada por Maria Vitória. O crime foi o primeiro deste ano em Imperatriz.

O 14º Batalhão da PM informou que ao ser localizado e preso, José Mauro acabou revelado que a arma estava debaixo de um travesseiro e o corpo da companheira dele debaixo da cama. Os policiais checaram e confirmaram a informação.

Maria Vitória foi assassinada com dois tiros de revólver calibre 38, arma que foi apreendida e estava com duas munições deflagrada é uma intacta.

O casal havia mudado na segunda-feira passada para a casa atual após ter morado um mês num Codominio na Rua São Pedro, no mesmo povoado.

Os policiais apreenderam na casa vários celulares e aparelhos de academia, todos frutps de roubo é furto. Os levantamentos policiais apontaram que a vítima era natural de Paragominas(PA), e havia a chegado recentemente no bairro. O suspeito confessou a autoria do crime e alegou que a mulher havia usado droga sua sem sua permissão.

O crime

O corpo foi encontrado na noite de quarta-feira, mas o crime pode ter acontecido na noite anterior.  Vizinhos disseram ter ouvido dois disparos de arma de fogo na residência do casal. Há suspeita de que na noite de ontem o suspeito iria enterrar o corpo no quintal.

Os policias da Força Tática, apresentaram José Mauro, no Plantão Central da 10 Delegacia Regional de Segurança onde deverá ser “enquadrado’ por feminicidio é ocultação de cadáver.(Foto:Divulgação).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *