Imperatriz é goleado pelo Juventude e dá adeus ao acesso a Série B em 2019

Renato Cajá foi o nome do jogo com dois gols marcados.

Maranhão Notícias

CAXIAS DO SUL – Fim de jogo e da luta pelo acesso para o Imperatriz este ano. Em jogo realizado na noite desta segunda-feira(9), no Estádio Alfredo Jaconi, o Juventude venceu o Cavalo de Aço por 4 a 0 e garantiu o acesso ao Campeonato Brasileiro da Série B em 2020. O time gaúcho vai enfrentar o Náutico-PE no próximo fim de semana.

Com o Alfredo Jaconi lotado (18 mil torcedores), o Juventude mostrou supremacia em campo.

Avassalador desde o inicio da partida, o Juventude abriu o placar logo aos três minutos com Renato Cajá  que mandou um chute forte que enganou a zaga e o goleiro Jean. Juventude 1 x 0.

Mesmo com o gol, o Juventude não tirou o pé do acelerador e o Cavalo ficou encurralado, tanto que só teve uma chance de gol desperdiçada por Manoel Cristiano no primeiro tempo. Já os donos da casa ampliaram aos 16 minutos com um golaço de Renato Cajá que mandou uma bomba de longe que venceu o goleiro Jean que estava adiantado. O defensor pulou atrasado na bola que entrou a meia altura no canto oposto ao do goleiro.

Dois minutos depois, aos 18 minutos, em vacilo do zagueiro Renan Baiano do Cavalo de Aço Adalberto tocou a bola para Carlos Henrique que empurrou para as redes. Os times foram para o intervalo com a vitória do “Verdão’ por 3 a 0.

Após conversa com o treinador Paulinho Kobayashi o Imperatriz voltou melhor, corrigiu erros de marcação,se arriscou no ataque. O Juventude valorizou a posse de bola e passou a explorar os contra-ataques. Foram varias chances desperdiçadas pelo Juventude, assim como o Cavalo de Aço conseguiu marca um gol anulado pela arbitragem por impedimento.

A partida desta segunda-feira encerra as atividades do Imperatriz em 2019, um ano em que o time foi campeão maranhense e conquistou vaga para a Copa do Brasil e Copa do Nordeste em 2020. Diferentemente das demais partidas, o Cavalo fez um jogo apático, teve um apagão que resultou no placar elástico e atípico. Embora o Juventude fosse favorito e estivesse diante de sua torcida, o Cavalo náo jogou bem, ou melhor, não entrou em campo como foi no 0 a 0 da primeira partida. Se tivesse vencido o primeiro jogo a realidade de hoje poderia ter sido outro.

Imperatriz faz história

Embora não tenha conquistado o acesso a Série B, o Imperatriz deixa a competição após grande campanha em que se mantém na Série C e 2020.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *