Imperatriz vira, mas cede empate quase no fim do jogo contra o Moto Club

Com o resultado, o Imperatriz soma seu primeiro ponto no Estadual, mas fica obrigado a vencer três partidas em casa e um jogo fora para poder ir às semifinais.

Maranhão Noticias

IMPERATRIZ – O Imperatriz estreou com um empate por 2 a 2 com o Moto Club, em pleno Estádio Frei Epifânio, na noite de sábado (20), na partida de abertura do Campeonato Maranhense 2018.

O Cavalo de Aço vai jogar dia 28 de janeiro, a segunda partida da competição, contra o Bacabal, em Bacabal, enquanto que o Moto vai receber o São José, na mesma data. Veja aqui a tabela do Estadual

Mesmo jogando em casa, o Imperatriz teve dificuldades contra o rubro-negro de São Luís. Marcinho Guerreiro havia feito mudanças no meio para deixar o time fechado e tentar os contra-ataques, mas quando a bola passou a rolar o time visitante jogou de igual para igual.

Em uma das jogadas Everlan invadiu área foi derrubado e o árbitro marcou pênalti, que Jefferson Araújo converteu, aos 37 minutos do primeiro tempo.

O gol não intimidou o “time da casa” que apoiado por sua torcida chegou ao empate no minuto seguinte, com o zagueiro André Penalva, de cabeça. O defensor já havia perdido um gol e cometido o pênalti.

O Cavalo de Aço, ainda, conseguiu o gol da virada no primeiro tempo. Novamente André Penalva marcou de cabeça, aos 46 minutos, encerrando o placar na etapa incial.

No segundo tempo a partida continuo equilibrada, sendo que aos 36 minutos, o Moto chegou ao ampate com o gol de Matheus Rubens que aproveitou o rebote e chutou forte para o fundo das redes do goleiro Gean, que já havia feito defesas difíceis.

O atacante Taynam perdeu um lance real de gol que poderia ter resultado em vitória do Cavalo de Aço. Ele poderia ter tocado a bola para Rubens, que estava cara-a-cara com Rodrigo Ramos, ou Júnior Chicão, também, em boa posição, mas ele tentou um drible a mais e foi desarmado.

Polêmica

A partida terminou com uma polêmica: uma bola que teria entrado na área do Moto. Foi um chute forte de Balão Marabá, cuja bola bateu no travessão e sobrou para Junior Chicão que cabeceou e o goleiro Rodrigo Ramos foi buscar. A bola teria entrado, mas a arbitragem não deu nada. O goleiro Gean e o atacante Junior Chicão receberam cartão amarelo. Com o resultado e o sistema adotado este ano de “turnão”, o Imperatriz vai precisar vencer todas as três partidas que,ainda, tem em casa e uma partida fora de casa para se classificar para as semifinais. ( Foto: Antonio Pinheiro- Divulgação).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *