Incêndio atinge área da reserva onde líder indígena Paulo Paulino foi morto em emboscada no MA

O incêndio vem sendo combatido por brigadistas com apoio do IBAMA.

Maranhão Notícias

SÃO LUÍS – Ainda são desconhecidas as causas de um incêndio que começou na tarde dessa terça-feira(5), na Terra Indígena Arariboia, mesma área onde madeireiros fizeram uma emboscada que terminou com a morte do líder indígena Paulo Paulino Guajajara, que era conhecido pelo seu povo, também, como “Lobo Mau”, integrante do grupo integrante dos “Guardiões da Floresta”.  O ataque aos índios foi no dia 1º.

Segundo informações do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (IBAMA),o fogo atingiu cerca de 45 Km de terra. O grupo de brigadistas, composto por 60 pessoas, entre indígenas e não indígenas trabalharam para apagar o fogo.

A Terra Indígena Arariboia possui uma área de 413 mil hectares da floresta amazônica no Maranhão e reúne índios das etnias Guajajaras, Ka´por, e Wa-Guajás, sendo que as três trios fazem parte do grupo “Guardiões da Floresta”.(Foto: Divulgação).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *