Indígena maranhense participa de protesto no Rock in Rio

Sônia Guajajara participou de um protesto pela demarcação da Amazônia brasileira.

Maranhão Notícias 

RIO – A liderança indígena Sônia Guajajara, da reserva indígena de Amarante do Maranhão e representante dos povos indígenas da Amazônia, fez no Rock in Rio, o maior e mais contundente protesto político do festival até agora.

Sônia se apresentou durante o show de Allicia Keys, no palco Mundo, ocasião em que fez um apelo pela demarcação das terras indígenas na Amazônia. Ela disse que o Governo Federal quer vender a Amazonia, mas que os índigenas estão atentos.

“Existe uma guerra contra a Amazônia, os povos indígenas e o ambiente estão sendo brutalmente atacados”, disse ela. O governo quer colocar à venda uma gigantesca área de reserva mineral. No próximo dia 20, haverá uma votação no Senado de um decreto legislativo que pode barrar todo esse absurdo. Senadores, vocês têm a chance de evitar isso. E nós estaremos de olho. Estaremos de olho porque não existe plano B. É a mãe de todas as lutas, a luta pela mãe terra. O mundo inteiro precisa vir para a linha de frente. Vamos pressionar. Demarcação já”

Pelo periodo de dez segundos, enquanto ocorria o protesto, o público fez coro com “Fora Temer”.

Alicia Keys recebeu, tambén, no Palco Mundo, Dream Team do Passinho.

Breve histórico

Sônia Guajajara tem participado de vários eventos nacionais e internacionais para denunciar o desmatamento na Amazônia entre outros temas ligados ao meio ambiente. Ela foi uma das pessoas que conduziram a Tocha Olímpica da Rio 2016, em passagem por Imperatriz, esteve numa conferência de países sobre o clima, gravou ano passado, um documentário sobre meio ambiente para uma Ong ao lado da modelo Gisele Bündchen e agora participou do Rock in Rio como protagonista do protesto pela demarcação da Amazônia.

( Foto: Reprodução/ TV Globo).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *