Jogadores do Moto Club mantém paralisação das atividades

A diretoria está reunida para tentar uma alternativa para o fim da crise no Papão.

Maranhão Noticias

SÃO LUÍS – Os jogadores do Moto Club não treinaram nesta segunda-feira (30) e a comissão técnica se demitiu, causando um clima de incertezas no clube. Caso não volte aos treinos na quarta-feira, a preparação para a partida de domingo (6), contra o Altos (PI) pela terceira rodada do Campeonato Brasileiro da Série ‘D”, será comprometida.

Os jogadores que não atuaram na partida de domingo contra o Sparta-TO, ou que entraram no segundo tempo, deveriam participar de um jogo-treino e recreativo, mas se recusaram a entrar em campo em protesto pelo não pagamento do salário de janeiro. No geral o elenco tem três meses de salários atrasados.

Também em protesto, o treinador Marcinho Guerreiro se demitiu e levou junto a comissão técnica. O comandante condicionou o retorno ao trabalho a resolução do problema financeiro.

Diante desse cenário, o Conselho Deliberativo já teria se manifestado no sentido de cobrar a atual diretoria, com documento, o pagamento salarial dos jogadores e comissão técnica, além de prestar contas sobre os últimos recursos que entraram nos cofres do rubro-negro. Nesse pacote está uma cota de patrocínio no valor de R$ 150 mil, por meio da Lei Estadual de Incentivo ao Esporte.

Leia, também:

Com salários em atraso, jogadores do Moto Club se recusam a treinar

O presidente em exercício, Natanael Júnior concedeu uma entrevista coletiva na sede do clube no meio da tarde, ocasião em que falou sobre as dificuldades enfrentadas pela diretoria e que “vai continuar lutando contra tudo e contra todos”. Ele disse que vem bancando o time com dinheiro de seu bolso e tem os documentos para prestar contas, além de criticado o Conselho Deliberativo, a quem disse que tem a missão de fiscalizar, mas não interferir na administração do clube e criticou a imprensa. Também, no período da tarde foi demitido um diretor do clube.

Integrantes da diretoria se reúnem na noite de hoje e devem anunciar uma resposta para a crise. Caso tenham suas reivindicações atendidas, os jogadores e comissão técnica devem retomar ao trabalho nesta terça-feira ou quarta-feira. ( Jogadores do Moto Club em aquecimento antes da partida contra o Imperatriz, no Frei Epifânio. Foto: Arquivo).

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *