Morre, aos 93 anos,em Imperatriz Seu Olímpio Bandeira Herênio

Olímpio Bandeira é de família tradicional e seu bar, o “Bar do Olímpio” era ponto de encontro de pessoas de  vários segmentos sociais e políticos de vários correntes.

Maranhão Notícias

IMPERATRIZ – Imperatriz perdeu nesse domingo(17), um de seus mais tradicionais moradores, o comerciante Olímpio Bandeira Herênio, de 93 anos. As causas da morte e enterro não foram divulgadas.

Seu Olímpio era bastante popular e seu estabelecimento, o “Bar do Olímpio” o ponto de encontro de políticos, com e sem mandatos, intelectuais e imprensa.

Durante muitos anos a porta do bar, na Avenida Frei Manoel Procópio, no Setor Beira-Rio, foi a concentração e largada do Bloco do Imprensa, agremiação carnavalesca composta por profissionais de comunicação e convidados.

“É com um imenso pesar que lamentamos o falecimento do nosso querido amigo Olímpio Herênio Bandeira, conhecido carinhosamente por “Seu” Olímpio. Foi no bar do Seu Olímpio que nasceu o Bloco do Imprensa, em 2009”, diz parte de uma postagem da blogueira e ex-presidente da Associação de Imprensa da Região Tocantina(Airt), Kelly Queiroz em rede social.

O prefeito Assis Ramos, também, lamentou, em rede social a morte de Seu Olímpio.

“Recebi com muita tristeza a notícia da passagem do senhor Olímpio Bandeira, sem dúvida alguma, cidadão da maior importância da nossa comunidade, ator e testemunha de muitas das fases da formação de Imperatriz”, diz a postagem que acrescenta “Chefe de uma família numerosa e valorosa, pescador, funcionário público federal, desportista e aglutinador de boas pessoas (até seus últimos dias); ícone do principal cenário da nossa história, jamais arredou do canteiro em que se germinou a semente da Vila do Frei”.

O técnico em telecomunicações e assessor parlamentar João Maurício Martins disse que estava em viagem a Palmas(TO), quando tomou conhecimento da morte do amigo.

“Tio Olímpio, ali na confraria, na sua casa, recebia a todos nós nas tardes de sábado e domingos. Amigo da imprensa ele recebia profissionais liberais, músicos, compositores, advogados, médicos e enfim a confraria era um ponto de encontro onde falávamos sobre tudo, política, futebol, a vida, tínhamos o churrasquinho, era nossa referência”, ressaltou João Mauricio Martins acrescentando que a morte de Seu Olimpio deixa “um vazio muito grande em todos”.

Dentre os frequentadores assíduos, também, estava o presidente da Câmara de Vereadores de Imperatriz, José Carlos Soares. Um exemplo da democracia do local é que o bar conseguia reunir correntes opostas como o deputado federal Márcio Jerry(PCdoB) que lamentou a morte em rede social e o ex-presidente da República José Sarney. Seu Olímpio fez uma foto com Sarney e a emoldurou e pendurou na parede do bar.(Fotos:Divulgação).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *