Motociclista não habilitado morre ao colidir em traseira de caminhão, BR-135

O motociclista tentou uma ultrapassagem pela direita pegando o acostamento e não viu um caminhão parado. 

Maranhão Notícias com informações da PRF

SÃO LUÍS – Um motociclista morreu em um acidente de trânsito na BR-135, em São Luís, nesta terça-feira (21). A ocorrência foi por volta das 9h no trecho entre o  km 05 e 06 da BR-135,  e resultou na morte do condutor de uma motocicleta Honda/CG 150 Fan ESI, de cor preta.

Segundo da Polícia Rodoviária Federal(PRF), o motociclista tentou uma ultrapassagem pela direita pegando o acostamento e não viu um caminhão parado. Em 2019 ele havia sido penalizado pela PRF em por dirigir sem possuir CNH.

Os policiais informaram que o tempo estava chuvoso e o motociclista, que morava em Miranda do Norte, seguia no sentido crescente da rodovia para São Luís. Em dado momento, ele tentou ultrapassar pela direita um veículo de carga, quando fez a manobra, desceu para o acostamento e colidiu na traseira de um caminhão que estava parado. Ele teve morte no local.

Não habilitado

A manobra realizada pelo motociclista é considerada uma das mais arriscadas no trânsito. A ultrapassagem pela direita e, ainda, mais pelo acostamento, além de ser uma infração gravíssima, deixa o condutor sem a visão necessária e torna a manobra imprevisível. E sob chuva o risco dobra. A atitude precipitada da vitima pode ser creditada em parte a falta de Carteira Nacional de Habilitação (CNH), vez que o risco da ultrapassagem pela direita é sempre objeto no processo de habilitação.

A vítima, Riveraldo Licar Santana, foi multada no dia 02 de novembro de 2019, há menos de três meses, por dirigir sem possuir CNH. A abordagem aconteceu na Unidade Operacional da PRF de São Francisco, no km 85 da BR-135, entre Santa Rita/MA e Entroncamento.(Fotos:PRF -Divulgação).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *