Polícia Civil apreende mais de 200 kg de drogas e fecha laboratório em Imperatriz

A apreensão recorde do ano foi numa casa no bairro Vila Vitória, em Imperatriz.

Maranhão Notícias

IMPERATRIZ – Em operação executada nesta quinta-feira (18), as Delegacias de Repressão a Narcotráfico (Senarc) e Delegacia de Homicídios e Proteção a Pessoas (DHPP), fecharam um laboratório de refino de drogas que funcionava numa casa no bairro Vila Vitória, em Imperatriz. No local foram apreendidos 213 kg de substâncias entorpecentes e preso Caetano Amâncio Pereira, com passagens pela policia por outros crimes.

Segundo informações prestadas à imprensa pela Polícia Civil, o homem foi preso no momento em que adentrava na residência onde foi descoberta a droga. A polícia já vinha investigando o caso.

Numa busca no interior do carro que estava sendo pelo suspeito foi apreendido aproximadamente 1Kg de maconha e outros petrechos semelhantes aos localizados no laboratório. Também foi apreendido aproximadamente R$19.500. Desse total, R$800 eram em notas falsas, segundo a polícia.

Drogas

Conforme a Polícia Civil, dos 213 kg de droga apreendidos, 164 kg eram de maconha, 3,6kg de crack e 45 kg de um pó branco semelhante a cocaína. Também foram encontrados no local insumos e materiais que seriam utilizados na manufatura de entorpecentes,o que reforçam os indícios de que o local abrigada um laboratório de refino de entorpecente.

Vida pregressa

Caetano Amâncio Pereira foi preso em flagrante. Foto: Polícia Civil-Divulgação.

Os levantamentos feitos pela polícia dão conta que Caetano Amâncio Pereira já chegou a ser autuado por furto a agencias bancárias, em São Paulo por tráfico de drogas, porte de armas e moeda falsa no Maranhão. ( Fotos: Polícia Civil-Divulgação).

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *