Polícia procura cúmplice de suspeito de assalto morto em troca de tiros com a PM em Imperatriz

A Polícia Civil investiga o caso que movimentou a área policial de Imperatriz na quarta-feira(22).

Maranhão Notícias

IMPERATRIZ – A polícia está a procura do comparsa de Fernando da Silva Barros, ex detento da Unidade Prisional de Ressocialização de Imperatriz(UPRI), que morreu em troca de tiros com a Polícia Militar nessa quarta-feira(22), no bairro Bacuri, em Imperatriz. O confronto teria sido num matagal nas margens do riacho Cacau.

A PM informou que recebeu denúncias de populares dando conta que uma dupla numa motocicleta estava promovendo vários assaltos nos bairros Bacuri e Parque do Buriti e tentou abordar dois suspeitos que ignoraram a ordem de parada. Com isso, iniciou-se uma perseguição pelas ruas e os suspeitos embrenharam-se no mato nas margens do riacho Cacau, ocasião em que houve reação a bala.

No confronto um deles foi baleado, socorrido, mas morreu dentro de uma ambulância do SAMU. Mais tarde ele foi identificado como sendo como Fernando da Silva Barros, que ficou preso na UPRI e estava em liberdade condicional desde outubro de 2019.

Os policiais encontraram abandonada na área do confronto uma motocicleta reconhecida como a utilizada pela dupla nos assaltos que pertencia ao sogro de Fernando.(Foto:Divulgação).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *