Presídio Itamar Guará sofre interdição parcial determinada pela Justiça

A decisão judicial, com pedido de liminar, foi resultado de uma Ação ajuizada pelo Ministério Público Estadual.

Maranhão Notícias 

IMPERATRIZ – O presídio Itamar Guará e da Unidade Prisional de Ressocialização (UPRD), de Davinópolis, serão interditados parcialmente por determinação da Justiça. O motivo da decisão judicial, com pedido de liminar, foi a superlotação e da falta de segurança. O pedido partiu do Ministério Público do Maranhão (MP-MA).

A decisão impede que novos presos de outras comarcas sejam abrigados nas duas unidades prisionais que ficam nos municípios de Imperatriz e Davinópolis.

De acordo com o pedido foi feito em setembro pela 5ª Promotoria Criminal de Imperatriz, a ocupação está em torno de  70% de presos acima da capacidade.

Na decisão consta, ainda, que o Estado deverá transferir os presos de outras Comarcas que atualmente estão nas duas unidades para outas unidades prisionais do Maranhão.

Outro argumento do promotor de Justiça, Domingos Eduardo da Silva, a superlotação dos presídios pode ocasionar a facilidade de fuga de presos e brigas internas.(Foto: Divulgação).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *