Seleção Brasileira vence Argentina e garante vaga nos Jogos Olímpicos de Tóquio

O Brasil entrou em campo obrigado a vencer, sob pena de perder a vaga para o Uruguai, mas jogou bem e venceu a Argentina por 3 a 0 e se garantiu em Tóquio.

 

Maranhão Notícias com informações da CBF

RIO DE JANEIRO – A Seleção Brasileira está classificada para disputar os Jogos Olímpicos de Tóquio em julho deste ano. Após ter empatado com o Uruguai, o Brasil enfrentou a Argentina, campeã do Pré-Olímpico e garantidíssima em Tóquio, com a obrigação de vencer e venceu por 3 a 0.

Na noite desse domingo(9), a equipe comandada por André Jardine venceu o clássico com a Argentina, pela última rodada do Torneio Pré-Olímpico, na Colômbia, com gols de Paulinho e Matheus Cunha (duas vezes) e confirmou vaga na competição.

O jogo

A Argentina começou melhor a partida, fazendo logo de cara o controle das ações e deu um susto com Mac Allister cobrando falta com perigo aos dois minutos.

O Brasil reagiu e mostrou que estava em busca da vaga para Tóquio. O primeiro gol brasileiro foi marcado Paulinho que dominou e marcou, após receber passe de Pedrinho, aos 12 minutos.

Com o gol, os brasileiros ficaram, anda, mais a vontade e aos 22, após boa troca de passes no ataque, Caio Henrique cruzou rasteiro para Matheus Cunha, que chutou de primeira no travessão.

O segundo gol foi marcado aos 28 minutos foi a vez de Matheus Cunha ampliar o placar. Nehuén Pérez recuou de cabeça par ao goleiro, mas Matheus Cunha percebeu que o recuou foi fraco, investiu na bola e chegou primeiro do que goleiro e tocou por cima do arqueiro. Pérez voltou e conseguiu salvar em cima da linha, mas a bola sobrou limpa para o brasileiro fazer 2 a 0.

No segundo tempo, os Hermanos esboçaram reação, mas acabaram levando o terceiro gol e por pouco não sofreram mais dois ou três gols. Com o domínio da partida, o Brasil chegou ao terceiro gol com Matheus Lima, aos 9 minutos após tabela entre jogada que começou com a cobrança de lateral de Guga para Matheus Lima que tabelou com Reinier, recebeu de volta e chutou cruzado para ampliar.

O Brasil, ainda, teve três grandes chances de marcar com Paulinho, mas a defesa conseguiu afastar o perigo, sedo que aos 45 minutos a bola explodiu no travessão.(Foto:Lucas Figueiredo-CBF).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *