Suspeitos de explodir agência bancária no bairro do Calhau são apresentados pela Polícia Civil

 

A Polícia mantem as investigações para prender outros suspeitos na ação criminosa contra o Banco do Brasil do Calhau.

 

Maranhão Notícias

SÃO LUÍS – Dos três homens presos em cumprimentos a mandados de prisão expedidos pela Justiça como suspeitos de participar na explosão da agência do Banco do Brasil, no bairro do Calhau, em São Luís no dia 3 de junho deste ano, dois foram apresentados oficialmente à imprensa pela Polícia Civil. Foram apresentados no prédio da Superintendência de Investigações Criminais(SEIC), Alexandro Falcão Olimpo e Joel Maia Reis.

As investigações em torno do caso apontaram que Joel Maia comandou a ação criminosa de dentro de uma das celas do do Complexo Penitenciário de Pedrinhas.

O terceiro suspeito preso pela Polícia Civil em razão de participar da ação criminosa, foi apresentado porque está no hospital. O nome dele é Paulo Roberto Gomes Silva.

Os levantamentos policiais apontaram que Paulo Roberto, preso durante uma troca de tiros ao ser abordado dentro de um carro no bairro Vila Conceição, era a pessoa que fabricava explosivos caseiros usados para explodir o banco.

O delegado Pedro Fernandes, informou durante a apresentação dos presos, que Alexandro havia sido preso numa quitinete no bairro Vila Conceição.(Foto: SSP-Divulgação).

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *